sexta-feira, 31 de março de 2017

SEMANA DA LEITURA - DIÁRIO

Dia 31 de Março, quinto dia da Semana da Leitura.

Hoje o dia foi muito diferente, porque recebemos uma visita especial.
O senhor Bispo António Couto.
Por isso, toda a escola se reuniu na Biblioteca, para receber e dar as boas vindas a tão ilustre visitante.



Começamos por cantar uma música "DAR MAIS"

Se a tua voz trouxer mil vozes pra´ cantar,
Vais descobrir mil harmonias belas
Que ao céu hão-de chegar.
Fica mais rica a alma de quem dá,
Chega mais alto o hino
De quem vive a partilhar.

Refrão :
Tu tens que dar um pouco mais do que tens,
Tens que deixar um pouco mais do que há,
Se vais ficar muito orgulhoso vê bem,
Tens que te lembrar.

És um grãozinho de uma praia maior,
E deves dar tudo o que tens de melhor,
Para avaliar a tua alma há leis,
Tu tens que dar um pouco mais do que tens.
Olhou p'ro céu, sentiu que a sorte estava ali,
E com valor, foi conseguido tornar bom
O que até era mau.
E grão a grão construiu o seu poder,
E pouco a pouco subiu a escadaria do amor.

Refrão

O tempo vai e de um rapaz um homem vêm,
Sem medo vê,
Porque o destino vai em frente p'ra servir o bem,
É tão profunda a mensagem que chegou,
São tão seguras e largas
As pontes que ele deixou.



Depois o Gonçalo, em representação do estabelecimento de ensino dirigiu ao visitante as seguintes palavras:

"EXCELENTÍSSIMO SENHOR BISPO DA DIOCESE DE LAMEGO



Abriram-se de par em par as portas da nossa escola para receber alegremente Vossa Excelência Reverendíssima.
E, é a mim criança ingénua e feliz, que me incumbem de saudar Vossa Excelência Reverendíssima.
É uma honra demasiada para quem é tão pequeno, mas missão tão delicada para quem é tão insignificante.
Nada mais fácil porém do que traduzir o que o coração sente.
Sede bem vindo Reverendíssimo Senhor Bispo, pastor bondoso de todos os humildes.
Vinde até nós crianças que esperam receber a vossa benção.
Eu, por mim, quero ser a primeira privilegiada e prometo repartir a Vossa benção por todos os presentes nesta escola."

A seguir houve tempo para os alunos fazerem algumas perguntas ao Senhor Bispo. Foi uma conversa interessante, tendo em conta as perguntas pertinentes, desconcertantes e sem filtro que normalmente as crianças fazem. Mas com elas ficamos a conhecer um pouco mais da personalidade e vida do Senhor Bispo, do tempo em que foi Missionário, como padre, e depois já Bispo.

Para finalizar ofertamos duas pequenas lembranças, elaboradas pelos alunos, professores e pais.




Obrigada pela visita, e continuação de boa visita pastoral!


A parte da tarde foi dedicada à visita da Feira do Livro, pelo segundo e quarto ano.
Difícil escolha, pois por vontade dos alunos levariam muitos livros.
A sorte é que se aproxima a Páscoa.





Ficamos felizes por os livros ainda fazerem brilhar os olhos dos nossos alunos.


Já só faltam 2 dias.

quinta-feira, 30 de março de 2017

SEMANA DA LEITURA - DIÁRIO

Dia 30 de Março, quarto dia da Semana da Leitura.

Hoje visitou a Feira do Livro o 3.º ano. São apenas 9 alunos, mas encheram a sala, tal era a sua ânsia em ver todos os livros. Acharam que foi pouco tempo para poderem absorver tudo.
Lembramos que a feira só encerra na próxima terça feira. Há tempo.

À tarde foi a vez do 4.º ano entrar em ação, indo até ao Lar e e Centro de Dia de S. Romão, partilhar leituras diversas. Primeiro com a apresentação da peça de teatro "Os Dez Anoezinhos", depois com a leitura de alguns textos e quadras escritas pelos alunos, sobre a temática – Idosos e Velhice, bem como a declamação de alguns poemas. Para finalizar, com a ajuda do trompete do aluno Gonçalo e da viola do Prof. Carlos, todos, alunos e idosos cantaram uma música popular.



















Consideramos que foi uma excelente forma de animar um bocadinho da tarde dos idosos, de permitir algum encontro geracional, fomentar a partilha de conhecimentos e saberes e, mais importante ainda, provocar sorrisos.

Ah, agradecemos o lanche que o Lar ofereceu ao meninos.


E os pais continuam a vir.





(obs. Temos que fazer esta iniciativa mais vezes.)


SEMANA DA LEITURA - DIÁRIO

Dia 29 de Março, terceiro dia da Semana da Leitura.

Hoje recebemos mais um escritor no auditório.


De manhã, chegou junto de nós o autor José Francisco Rica, que veio falar sobre a leitura e sobre os seus livros. Mas em especial, veio falar do seu tema de eleição – a amizade.
Para isso, convidou alguns professores voluntários, para de improviso, dramatizarem a história "Os cães também amam". Vestidos a rigor, fizeram as delícias de todos os presentes.
















Houve ainda tempo para perguntas e respostas. E para uma surpresa preparada pelo 4º ano, com a colaboração do professor de música das AEC´s – Carlos Francisco.

Música
Maria Lebre e os caçadores

Refrão:
Todas juntas venceremos
Nossas amigas libertaremos!

Era uma lebrezinha
Que viu outras a correr,
Ouviu um grande barulho,
O que estava a acontecer?

Atrás de uma grande árvore
Corajosa se escondeu
Observou bem e viu
Um caçador, chamado Romeu.

Então, a lebre Maria
Pôs-se a gritar, a gritar:
-Fujam, fujam, que os caçadores
Ainda nos vão apanhar!

Quando chegou a casa
Ela pôs-se a refletir:
- Nós temos de os vencer
Não podemos desistir!

Chegou ao pé das amigas
Para o plano apresentar
Ficaram entusiasmadas
Decerto ia resultar!

Formou minigrupo de lebres
Para muito bem as treinar
E então, com voz de comando
Pô-las todas a marchar.

Depois de se prepararem
Lá se foram despedir
Da família e dos amigos
Com vontade de partir.

Na clareira encontraram
Uma cabana iluminada
Foi lá espreitar uma lebre
Que ficou entusiasmada.

Espreitou pela janela
Lá estavam os caçadores
Num cantinho da adega,
Contentes e faladores.

Depois viu do outro lado
As lebres desaparecidas
E avisou que era urgente
Ir salvar as suas vidas.

As lebres lançaram pedras
Para a porta e para o telhado
Estava tudo a correr bem,
Como tinham planeado.

Os caçadores, assustados
Aflitos, tentam escapar
Mas caíram na armadilha
E começaram a gritar.

Avançam na hora certa
Sem nunca hesitar
E entraram na cabana
Para as amigas salvar.

Regressaram a casa
Com muita, muita alegria
Iam todas a cantar:
- Viva a lebre Maria!

Fizeram uma grande festa
E uma grande folia
E a partir dessa data
Comemora-se esse dia!


Letra: Turma SC1 - 4º ano 
Música: Prof. Carlos Henrique


No final tivemos a tradicional sessão de autógrafos e a entrega de algumas lembranças.


Foi uma manhã bem passada, com muitas histórias e emoções.
Reforçada saiu a amizade.




À tarde, foi a vez do 1º ano visitar a feira do livro e ouvir um conto. E foi vê-los a verem os livros com as mãos, e a deliciarem-se com tantas opções, imagens e sonhos.




Achamos que estamos no bom caminho!


Ah! Mais mães vieram ler!


terça-feira, 28 de março de 2017

SEMANA DA LEITURA - DIÁRIO

Dia 28 de Março, segundo dia da Semana da Leitura.

De acordo com o nosso programa, continuamos com as visitas à Feira do Livro. Hoje tivemos a visita da sala dois do Jardim de Infância. A magia dos livros na vida e imaginário das crianças.
















Depois todas as turmas do 1º ciclo, Palavrearam com a Poesia.
Ouviram e leram e experimentaram escrever poesia, recorrendo a algumas técnicas de escrita criativa.
Eis alguns dos resultados:

Inventar uma tabuada

três vezes um não há nenhum

três vezes dois eram os bois

três vezes três falo inglês

três vezes quatro vou ao teatro

três vezes cinco uso um brinco

três vezes seis ponho os anéis

três vezes sete tocou na cassete

três vezes oito comi um biscoito

três vezes nove olha o que chove

três vezes dez deixa lá a timidez.

SC1 – 3º ano


três vezes um zum

três vezes dois bois

três vezes três inglês

três vezes quatro teatro

três vezes cinco brinco

três vezes seis reis

três vezes sete cassete

três vezes oito biscoito

três vezes nove chove

três vezes dez pés a cheira a chulé.

SC1 - 1º ano


Pretérito Perfeito conta um história

Eu cantei
Tu dançaste
Ele ouviu
Nós tocamos
Vós saltastes
Eles sorriram de orelha a orelha.

Eu acordei
pensei
escrevi
estudei
dancei
desenhei
cantei
saltei
sorri
brinquei
gritei.... golooooooooooooo!

****
trabalhei
acordei estourada!

****

sonhei
pensei que estava de férias!

****

cantei
fiquei muito feliz!

SC3 – 3º ano

















Eu estudei
Tu brincaste
Ele trabalhou
Nós dormimos
Vós ajudastes
Eles passearam

Eu estudei
brinquei
trabalhei
dormi
ajudei
passeei como uma andorinha!

SC2 – 1º ano

Letra imposta

Livro

O livro é
lindo
limpo
luminoso
e leve como uma borboleta!

Dalila - SC3 – 2º ano

O Sol é
Silencioso
Solarengo
Sorridente
Simpático como eu!

Lara Raquel – SC3 – 2º ano

O Boi é
bonito
birrento
berrante
belo como uma noite estrelada!

Afonso – SC3 – 2º ano

A Luana é
linda
limpa
luminosa
livre
mas lenta como uma tartaruga!

Brincar com rimas

A leitura posso escolher,
para me poder comover.
É preciso sonhar para crer,
e voar para conhecer.
Eu adoro escrever,
e assim o mundo ver.
Muita leitura vou fazer,
para poder vencer.
Eu quero saber,
para não ter que sofrer.
Na escola vou obter,
conhecimentos a valer,
para de ninguém depender.
Ler poesia é trazer,
formas de viver.

SC3 – 2º ano


Foi um dia trabalhoso mas proveitoso.


Veremos amanhã o que nos reserva a Semana da leitura!

Ah! Já apareceram alguns pais para ler em família e não só!



SEMANA DA LEITURA - DIÁRIO

Dia 27 de Março, primeiro dia da Semana da Leitura.

De acordo com o nosso programa, de manhã fizemos a abertura da Feira do Livro, e à tarde tivemos um encontro com a escritora Maria Goretti Pina.

Na Feira do Livro, os meninos da Sala 1 do Jardim de Infância, visitaram ao espaço e puderam ver e contactar com novos e diferentes livros a que estão habituados, puderam escolher um ou dois livros, para pedirem aos pais, avós, tios, padrinhos ou outros familiares como presente de Páscoa. Ouviram ainda uma história no cantinho das leituras.


































Achamos que gostaram.

Depois do almoço, os alunos do CESC foram até ao Auditório, onde esperavam encontrar uma escritora. No caminho foram vendo muitas coisas estranhas, mas belas. Por exemplo, árvores com corações, pinturas de paisagens, com muitas flores e alguns animais. Advinhavam-se outras surpresas.
















Já bem instalados puderam ouvir a biografia da autora Maria Goretti Pina que, resumindo, escreve livros para crianças, e ver/ouvir a obra "Empresta-me um sonho", em teatro de sombras, apresentado pela turma do segundo ano.
A seguir a escritora falou e contou outras histórias. Quase a finalizar os alunos puderam fazer perguntas sobre as dúvidas e curiosidades que tinham sobre o processo de escrita e temas da autora.
Para finalizar, já no átrio do edifício, uma última e doce surpresa. Não porque alguns alunos, por vezes, andem nas nuvens, mas porque as nuvens inspiram e despertam a imaginação – algodão doce. Para adoçar as leituras e os sonhos das crianças.

Ah, já nos esquecíamos, também estiveram presentes, os seniores do Centro de Dia de S. Romão.

Para primeiro dia não esteve nada mal.

Ansiamos pelos restantes!









UM DIA ESPECIAL


Num radioso e solarengo dia de sol, mais precisamente no dia 17 de março, tivemos uma visita inesperada de um menino diferente chamado Pedro. Não o conhecíamos, apesar de ser famoso. Ele tem tantas medalhas que já lhe perdeu a conta. É vice-campeão de Boccia apesar de ter um problema de saúde de nascença e é paraplégico. Estávamos envergonhados porque não o conhecíamos nem tínhamos nenhuma pessoa parecida com ele, na nossa escola.
Fizemos-lhe várias perguntas às quais respondeu prontamente. Das que gostámos mais de saber e achámos curioso foi o seu dia de aniversário, dia 1 de junho, Dia da Criança, que adorava a praia e que já tinha ido lá várias vezes. Alguns de nós nunca aqui foram... Ficamos a saber que treina 4 horas por semana e que é muito bom naquilo que faz.
Quando estávamos a falar de praia, um aluno lembrou-se de lhe oferecer uma concha que a professora tinha dado a cada um dos alunos. Ele ficou muito feliz porque não tinha nenhuma igual àquelas.

Por fim resolvemos tirar uma fotografia como recordação deste menino especial neste dia tão especial para nós. Ficámos com uma ideia muito diferente em relação à deficiência.


quarta-feira, 22 de março de 2017

DIA MUNDIAL DA ÀRVORE

O Dia Mundial da Árvore ou da Floresta celebra-se anualmente a 21 de março.

O objetivo da comemoração do Dia Mundial da Árvore é sensibilizar a população para a importância da preservação das árvores, quer ao nível do equilíbrio ambiental e ecológico, como da própria qualidade de vida dos cidadãos. Estima-se que 1000 árvores adultas absorvem cerca de 6000 kg de CO2 (dióxido de carbono).
30% da superfície terrestre está coberta por florestas, sendo nestas que se realiza a fotossíntese - produção de oxigénio a partir de dióxido de carbono. As florestas são apelidadas dos pulmões do mundo, não apenas pela sua função de manutenção e renovação dos ecossistemas, como também pela sua importância em áreas estratégicas como a economia e a produção de bens e alimentos.

Trabalho elaborado pelo 3º ano
Origem do Dia

A celebração do Dia Mundial da Árvore ou da Floresta começou a 10 de abril de 1872, no estado norte-americano do Nebraska (EUA). O seu mentor foi o jornalista e político Julius Sterling Morton, que incentivou a plantação ordenada de árvores no Nebraska, promovendo o "Arbor Day".


Ação

Assim, o CESC, em colaboração com o "Horto do Bulho" e o Agrupamento de Escolas, fez a sua parte, plantando quatro árvores: duas de fruto (uma laranjeira e uma pereira) e duas de floresta (um pinheiro e um sobreiro).
Aprender fazendo, é pois um dos nossos pilares na participação da formação integral dos nossos alunos.


Alguns benefícios de Árvores

  • As árvores fornecem oxigênio para o meio ambiente
  • As árvores fornecem sombra
  • Árvores marcam as estações, primavera, verão, outono e inverno
  • Árvores evitam a erosão do solo
  • As árvores fornecem alimento e abrigo para animais selvagens
  • As árvores fornecem madeira para construção civil
  • As árvores fornecem beleza para um bairro, parques e florestas



terça-feira, 21 de março de 2017

SEMANA DA LEITURA

SEMANA DA LEITURA

27 DE MARÇO A 4 DE ABRIL

PROGRAMA

27 DE MARÇO

30 minutos a ler  

11h00 - Abertura da Feira do Livro

14h00 – Auditório -
             Visita da escritora Maria Goretti Pina


28 DE MARÇO

Palavrear com a poesia (Na Biblioteca)


29 DE MARÇO


10h30 – Auditório
           - Visita do escritor José Francisco Rica



30 DE MARÇO

A Poesia vai à rua

14h30 – Centro de dia de S. Romão - peça de teatro "10 anoezinhos" e poesia portuguesa musicada

31 DE MARÇO

Prazer de Ler em Família

3 DE ABRIL

Feira do Livro - Teatro de Sombras


4 DE ABRIL


Piquenique de Leituras – Sr. dos Aflitos

DIA MUNDIAL DA POESIA

A POESIA deve estar sempre presente nas nossas vidas, mas como forma de acentuar o seu significado e promover a sua leitura, a UNESCO criou o Dia Mundial da Poesia, em 1999. No dia 21 de Março celebra-se então este dia, com atividades diversas como declamação de poesia, poesia musicada, escrita, com o intuito de celebrar este género literário, ou seja, as palavras em forma de poema.

NO TEU POEMA


No teu poema
Existe um verso em branco e sem medida
Um corpo que respira, um céu aberto
Janela debruçada para a vida.
No teu poema - 
Existe a dor calada lá no fundo
O passo da coragem em casa escura
E aberta, uma varanda para o mundo.
No teu poema  
Existe a noite
O riso e a voz refeita à luz do dia
A festa da senhora da agonia
E o cansaço do corpo que adormece em cama fria.
No teu poema 
Existe um rio
A sina de quem nasce fraco ou forte
O risco, a raiva, a luta de quem cai ou que resiste
Que vence ou adormece antes da morte.

No teu poema 
Existe o grito e o eco da metralha
A dor que sei de cor mas não recito
E os sonos inquietos de quem falha.

No teu poema 
Existe um cantochão alentejano
A rua e o pregão de uma varina
E um barco assoprado a todo o pano.
No teu poema 
Existe a noite
O canto em vozes juntas, vozes certas
Canção de uma só letra e um só destino a embarcar
O cais da nova nau das descobertas.

No teu poema 
Existe um rio
A sina de quem nasce fraco, ou forte
O risco, a raiva e a luta de quem cai ou que resiste
Que vence ou adormece antes da morte.

No teu poema 
Existe a esperança acesa atrás do muro
Existe tudo mais que ainda me escapa
E um verso em branco à espera... do futuro.