quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

DIA INTERNACIONAL DO OBRIGADO

DIA DO OBRIGADA – 11 DE JANEIRO


O objetivo do Dia Internacional do Obrigado é simplesmente agradecer a todos aqueles que fazem parte da vida das pessoas e que as ajudam e alegram, só por existirem. Neste dia o mote é dizer “obrigado” às pessoas das quais se gosta, ou demonstrar esse mesmo obrigado por gestos.
Apesar de ainda não ser um dia mediático , o Dia Internacional do Obrigado foi criado através das redes sociais na Internet e foi-se enraizando aos poucos no seio da comunidade, tendo um fim nobre e sempre necessário.
Mesmo que parecendo insignificante, esta palavra de oito letras pode fazer toda a diferença para quem a recebe, assim como deixar mais feliz quem a profere.
Neste dia incentivamos os alunos a dizer obrigado, a dizerem obrigado a todos os que merecem ouvir essa palavra, criando um hábito a manter pelo ano inteiro, e a dizerem obrigada à Biblioteca.



Obrigada Biblioteca, por...
-» me ajudares a ler
-» me ajudares a leres mais e a aprender novas palavras
-» me incentivares e ajudares a aprender
-» nos ajudares a ler e nos dares coisas para fazer
-» nos ajudares a ler e a escrever
-» me ajudares na leitura e a estudar melhor
-» me ajudares a descobrir novos mundos
-» teres diversas atividades para eu fazer
-» me fazeres sonhar
-» seres minha amiga
-» por me fazeres feliz
-» me fazeres dormir sorrindo
-» me fazeres sentir importante
-» acreditares em mim
-» me permitires saber mais
-» me ajudares a crescer
-» me fazeres sentir



E também a Biblioteca disse obrigada aos seus frequentadores...

Obrigada queridos alunos, ...
* por me visitarem todos os dias
* por lerem
* por escreverem
* por tratarem bem os livros
* por fazerem silêncio
* por sonharem
* por quererem saber mais
* por partilharem o conhecimento
* por imaginarem novos mundos
* por serem solidários
* por se rirem das histórias
* por sentirem a dor das personagens
* por acreditarem
* por crescerem com os livros

* por participarem nas atividades







OS REIS

Tradições do Dia de Reis

Esta celebração católica está associada à tradição natalícia, que diz que três Reis magos do Oriente, visitaram o Menino Jesus na noite de 5 para 6 de janeiro, depois de serem guiados por uma estrela. Os três Reis magos chamavam-se Belchior, Baltazar e Gaspar e levaram de presente ao Menino Jesus, ouro, incenso e mirra.
O cantar dos Reis ou reisadas é uma tradição secular portuguesa celebrada por volta do dia de Reis. Nesta, um grupo de populares, chamados de "reiseiros", tocam e cantam às portas das casas, invocando a celebração da visita dos três Reis Magos para pedir esmolas e donativos. E também para anunciar o nascimento do Deus-Menino.
Normalmente deseja-se boas festas e também um bom ano novo.

E foi isso que o Centro Escolar de S. Cipriano quis fazer no dia de Reis, desejar às gentes de S. Cipriano, um ano novo cheio de sucessos, paz e alegria.


Para muitos dos alunos foi uma estreia, mas os seus sorrisos provam que gostaram. E também as gentes desta freguesia receberam de braços abertos esta iniciativa. Não há dúvida que, o encontro de gerações, pode operar milagres na aprendizagem das nossas crianças.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

DIA MUNDIAL DA PAZ

1 DE JANEIRO – DIA MUNDIAL DA PAZ


A proposta lançada, pelo Papa Paulo VI, em 1967, pretendia dedicar à paz o primeiro dia do novo ano, e desejava que ela encontrasse a adesão de todos os verdadeiros amigos da paz”, com um “caráter sincero e forte de uma humanidade consciente e liberta dos seus tristes e fatais conflitos bélicos, que quer dar à história do mundo um devir mais feliz, ordenado e civil”.

Portanto, o Dia da Paz Mundial é um dia a ser celebrado pelos "verdadeiros amigos da Paz", independente de credo, etnia, posição social ou económica.
Dizia o Papa Paulo VI, na sua primeira mensagem para este dia: "Dirigimo nos a todos os homens de boa vontade, para os exortar a celebrar o Dia da Paz, em todo o mundo, no primeiro dia do ano civil, 1 de Janeiro de 1968. Desejaríamos que depois, cada ano, esta celebração se viesse a repetir, como augúrio e promessa, no início do calendário que mede e traça o caminho da vida humana no tempo que seja a Paz, com o seu justo e benéfico equilíbrio, a dominar o processar-se da história no futuro".
Completava ainda o Papa Paulo VI: "A Igreja católica, com intenção de servir e de dar exemplo, pretende simplesmente lançar a ideia, com a esperança de que ela venha não só a receber o mais amplo consenso no mundo civil, mas que também encontre por toda a parte muitos promotores, a um tempo avisados e audazes, para poderem imprimir ao Dia da Paz, a celebrar-se nas calendas de cada novo ano, caráter sincero e forte, de uma humanidade consciente e liberta dos seus tristes e fatais conflitos bélicos, que quer dar à história do mundo um devir mais feliz, ordenado e civil".


A Biblioteca Escolar aceitou este desafio e também quis ser promotor da paz, lançando o repto aos seus frequentadores, para refletir e escrever sobre a paz.
Eis alguns dos resultados:

Paz é amor com cor.
Paz é imaginação com informação.
Paz é sabor doce,
e alegria no coração.

Tomás Cardoso, SC1





Paz é amor,
perdão e alegria.
Quando houver paz no mundo
vou fazer uma grande folia.

Margarida, SC1

Paz é amor, carinho e alegria.
Todos podemos fazer a paz,
com muita fantasia.
                             
                                                                                                                               Cátia, SC2

A Paz é amar todos
e também o mundo.
Podemos amar o mundo
não poluindo a natureza.

Daniela SC1

A paz está no nosso coração.

Catarina, SC3

A Paz é partilha e muita harmonia.

Mariana, SC2

Paz é carinho e amor
entre toda a família.
Quando vem a paz
traz me muita alegria.

Gabi, SC3


A Paz é importante
para não haver guerra.
Assim toda a gente
pode andar na terra.

Filipa, SC1

A Paz é importante
para toda a gente.
É emocionante,
com tudo o que se sente.

Beatriz, SC1

Paz é amor, carinho e felicidade.
Quando for grande,
Vou procurar a minha
numa grande cidade.

Inês Vaz, SC2

A paz é amor que sentimos no coração.

Maria, SC2

A paz entra no nosso coração e transforma a nossa vida.

Mafalda, SC3

Paz é natureza e silêncio.

Dinis, SC2



Eu desejo paz para todos os meninos do mundo.


Maria Inês, SC3

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

NATAL 2016



Foi com imensa alegria que recebemos no último dia de aulas, 16 de Dezembro, no auditório, os pais, encarregados de educação e familiares dos nossos alunos, bem como os representantes das instituições que nos apoiam na realização da festa de Natal. Nomeadamente as juntas de freguesia de Feirão, Ovadas e Panchorra, Freigil, S. Romão e S. Cipriano, na oferta dos presentes que o Pai Natal deu às nossas crianças, e o Município de Resende, pela cedência do guarda roupa que permitiu um melhor espetáculo.

Para eles preparamos uma peça de teatro, com dança e canto, com o título "Ninguém da prendas ao Pai Natal", adaptada pela Prof. Dulce Pereira, cuja mensagem princípal era a amizade.

Natal é família, união e sobretudo alegria. E neste dia pretendíamos de deixar a mensagem de que natal deve ser também amizade e sobretudo carinho e reconhecimento.
Reconhecimento por todos aqueles que ao longo do ano nos apoiam na realização das nossas tarefas e aprendizagens, e daqueles que nos proporcionam no dia a dia tudo aquilo que necessitamos para viver condignamente, e que nos momentos menos bons estão sempre ao nosso lado.

Por isso, o Centro Escolar de S. Cipriano agradece por tudo o que nos deram ao longo deste ano. E desejamos um Feliz e Santo Natal cheio de paz, alegria e amor.


Desejamos também um ano de 2017 cheio de sucessos académicos e profissionais.











CONCURSO - MELHOR MENSAGEM DE NATAL

As turmas do 2º, 3º e 4º anos foram desafiadas a concorrer ao concurso - MELHOR MENSAGEM DE NATAL.

Tendo em conta a velha máxima: "o futuro é das crianças", foi bom perceber que o espírito natalício está presente nos seus corações, e inclusive o espírito de comunidade, humanidade e sociedade.

1º prémio

Eu espero que no Natal
morresse menos população.
Que parassem as guerras
como uma boa solução.

Tomás Cardoso SC1

2º prémio

Eu gostaria que no Natal houvesse estrelas cadentes a cair do céu.
Que o Pai Natal aparecesse no trenó com as suas renas
e que pousasse no nosso Centro Escolar.
Adorava que isso acontecesse.

Gonçalo Cardoso SC1

3º prémio

Natal, Natal
eu não quero nada de mal,
Eu só queria acabar com
o aquecimento global.

Tiago Cardoso SC1

4º prémio

O Natal é perfeito quando nos entendemos.

Franscisca SC2

5º prémio

Para mim o Natal é a melhor festa do mundo porque é o nascimento de Jesus.
Eu gostava que neste natal os sem-abrigo recebessem uma casa e tivessem amor,
carinho e paz.
Gostava que no mundo inteiro parassem as guerras para termos um mundo melhor.

André SC1


O ESPÍRITO NATALÍCIO EM ARTES PLÁSTICAS

video

OS NOSSOS ESCRITORES

N eve a cair

A s renas a chegar

T ambém há festas

Á rvore com luzinhas

L âmpadas a brilhar.


Daniela


N atal tem muita alegria.

A família junta-se para comemorar este dia.

T odos recebem presentes.

A árvore de Natal está toda enfeitada.
L uz a piscar e e lanternas a brilhar.

Gabriela - SC3


A minha família
é um amor,
quando olho para eles
são como uma grande flor.

Na minha família
fazem sapatos de cetim.
Eu gosto muito deles
quando olham para mim.

A minha família
é muito importante
quando ela está bem vestida
é muito elegante.

A minha família
faz a árvore de Natal
é uma tradição
muito especial.


Daniela